Milk Meter: Como fazer a manutenção

O leite é a maior fonte de nutrientes durante os primeiros meses de vida, proporcionando uma infância saudável. Também auxilia no desenvolvimento da juventude e na vida adulta, garantindo uma velhice sadia.

Parceiro de dietas balanceadas e ingrediente em diversas receitas, esta bebida nutritiva está presente na mesa de muitos brasileiros.

Todavia, existe uma longa jornada composta por diversos processos antes de o leite chegar ao mercado e à nossa casa.

Entre a captação, o tratamento e a distribuição, há alguns produtos e equipamentos que podem ajudar a otimizar e estimular os resultados do produtor.

É necessário medir o produto para poder gerenciá-lo, passando por vários cálculos até a sua distribuição.

Para viabilizar a medição individual da produção de leite, muitos utilizam o Milk Meter. Com a utilização desse aparelho, o produtor saberá exatamente a quantidade de leite produzida pela vaca.

Com base nessa informação, poderá otimizar a alimentação dos animais, evitando maiores prejuízos.

Alguns optam por fornecer mais alimentos às vacas que produzem maior quantidade de leite, visando manter ou aumentar esse índice.

Esse tipo de aparelho possui fácil utilização, sua manutenção e lavagem são rápidas e podem ser realizadas pelo próprio produtor.

Ficou interessado neste equipamento? Esta matéria explicará todas as informações necessárias para conhecer mais sobre o Milk Meter e a realização de sua manutenção.

O que é Milk Meter e para o que serve?

O Milk Meter é um medidor mecânico de leite de alta resistência que pode ser acoplado ao equipamento de ordenha. Sua capacidade de medição de produção é de até 42 quilos.

Seu frasco cônico permite uma leitura exata em qualquer nível de produção. Além disso, todo o seu mecanismo é projetado para evitar entupimentos e perda de conteúdo.

Como funciona o Milk Meter?

Para fazer a instalação desse equipamento em um balde de pé ou transferidor de leite, é necessário um suporte.

Caso possua uma linha de vácuo, poderá utilizá-la para isso, senão, madeira ou metal em uma estrutura própria para acoplar o Milk Meter. 

Basta fixar uma base na parte traseira do medidor e conectar as mangueiras da ordenhadeira no aparelho.

Dessa maneira, todo o leite que for ordenhado da vaca será transferido para o Milk Meter, possibilitando a contagem de litros acumulados.

Ao finalizar o processo, basta virar o registro da torneira para cima para retirar o leite. 

Na contagem de litros produzidos, não esqueça de descontar a espuma que fica acumulada junto ao leite na parte superior do equipamento.

Para realizar a análise do leite, vire o registro da torneira para baixo, posicione o recipiente que coletará o líquido e pressione a parte superior do medidor. Assim, o produto será despejado pela torneira para que se possa verificar a sua qualidade.

Pode-se esvaziá-la inserindo o registro em posição vertical e pressionando a parte superior do aparelho, para escoar todo o conteúdo a um tambor ou outro recipiente conectado. 

A lavagem do equipamento também pode ser realizada de maneira bem simples. Com a torneira fechada em posição diagonal, abra o vácuo. Quando finalizada, esvazie-o pressionando o compressor.

Você pode usar na limpeza do Milk Meter os mesmos produtos e proporções utilizados para a higienização da ordenhadeira: ácido e alcalino.

Como fazer a manutenção do Milk Meter?

Apesar de parecer complexo, saiba que a manutenção do Milk Meter é bastante simples e você mesmo poderá realizá-la. 

O tubo cilíndrico, onde o leite é armazenado, pode ser retirado com uma leve pressão no sentido vertical.

Caso o problema seja na vedação deste tubo, dando meia volta a tampa superior soltará. Em seguida, a borracha de vedação ficará evidente. Basta retirá-la e substituir por uma nova.

A vedação inferior pode ser retirada apenas removendo a ponteira a ser substituída.

Logo acima, é possível identificar o alojamento da válvula e uma esfera em inox que são apenas encaixadas, podendo ser facilmente trocadas.

Para colocar de volta o tubo no aparelho, basta inserir a válvula com a aba para a parte externa, fazendo uma leve pressão no cilindro.

Caso haja necessidade de trocar o alojamento do leite (a mangueira localizada na parte de trás do cubo), basta puxá-lo, visto que é feito de material flexível, não havendo dificuldades em fazê-lo.

O bico Milk Meter pode ser removido com movimento de rosca. E o processo de colocação dele no lugar de utilização é o mesmo de retirada.

A torneira é fixada com encaixe no aparelho. Já para retirar a tampa superior, que fica acima do aparelho, é necessária a utilização de uma chave de fenda, soltando o arame de proteção que fica acima dela. Há algumas peças que, geralmente, vêm no kit de reparo, como o anel, por exemplo.

O conjunto da base do equipamento é preso por quatro parafusos que, se retirados, permitem acesso à mangueira do leite.

Essa parte pode ser deslocada por completo para substituição. Para a montagem, basta fixar os parafusos, inserir a tampa e o arame de proteção.

Com essas dicas, fica mais fácil entender o motivo da utilização do Milk Meter e entender como ele funciona.

Apesar de não parecer, é bem simples realizar a manutenção, limpeza e utilização do aparelho. Além disso, o benefício de quantificar a produção de leite compensa o investimento e o processo acrescido na ordenha. 

Caso tenha ficado com alguma dúvida, deixe nos comentários para que possamos auxiliá-lo. E, se gostou do conteúdo, salve-o para consultar sempre que precisar fazer a manutenção do seu aparelho Milk Meter.

Conteúdo relacionado: