Como funciona a ordenha? Conheça seus cuidados

O leite e seus produtos derivados fazem parte de um dos segmentos no setor alimentício mais importantes e mais consumidos no mundo todo. É por isso que o Brasil ocupa a 4ª posição no ranking de países que produzem leite.

Nesse contexto, os pecuaristas brasileiros precisam investir em técnicas e práticas que sejam capazes de pôr em curso um bom sistema de ordenha, como a utilização de equipamento resfriador de leite.

Somente assim o Brasil conseguiu atingir essa posição no mercado dos lacticínios. Por isso, nós preparamos um artigo que vai te ajudar a entender do que se trata a ordenha, como ela funciona, seus tipos e quais as formas mais corretas de usar um sistema desse tipo. Confira:

O que é ordenha?

Como nós havíamos mencionado, o leite é um dos alimentos que mais são consumidos no mundo todo e isso, por conseguinte, gera uma demanda muito grande por esse tipo de produto.

Além disso, ele é muito usado para a produção de diversos outros tipos de produtos derivados que nós consumimos no dia a dia. Assim, o pecuarista precisa aplicar técnicas que tornem o processo de coleta de leite nas vacas mais prático e simples, que é o caso da ordenha.

Então, basicamente, o significado de ordenha é o ato de extrair o leite que será direcionado para os demais setores do mercado leiteiro. Esse processo precisa de muita atenção e alguns cuidados específicos, principalmente no que diz respeito a higienização, a fim de garantir eficiência e segurança do começo ao fim. 

Como funciona a ordenha?

A ordenha funciona tendo como principal propósito a retirada da maior quantidade de leite possível das vacas, sem prejudicar a saúde ou as glândulas mamárias dos animais durante o processo.

Fonte: Canal Agropeperi

Esse tipo de abordagem é muito comum em fazendas pecuaristas e que são especialmente destinadas para a produção de leite. Isso pode ser feito através de algumas formas diferentes, sendo que atualmente a mais comum é através da ordenha mecânica.

No entanto, nas fazendas menores, ainda é comum que você encontre um processo de ordenha manual. Mas os detalhes de cada um desses processos nós vamos explicar no próximo tópico.

Quais são os tipos de ordenha?

No mundo da pecuária existem dois tipos de ordenha que podem ser usados para extrair o leite, no caso, a ordenha manual e a ordenha mecânica. A principal diferença entre essas técnicas é usar ou não equipamentos que ajudem a tornar o processo mais automatizado e eficaz. Veja mais sobre cada um dos tipos:

A ordenha manual é caracterizada pela retirada do leite através do trabalho manual, claro. Isto é, o próprio pecuarista irá usar suas mãos e um recipiente, geralmente um balde, para puxar o leite.

Os itens necessários nessa técnica não são muitos, sendo apenas uma peia que contenha a vaca, o balde para espirrar o leite, um filtro e um tanque refrigerador de leite.

Por isso, essa técnica só é mais aplicada em pequenas fazendas que não tem um rebanho muito grande de vacas. No caso, fazer o investimento em uma ordenha mecânica seria desvantajoso.

Já a ordenha mecânica usa equipamentos que irão simular o puxar do leite, como se o próprio bezerro estivesse mamando. O sistema utiliza câmaras com pulsadores, que serão responsáveis por promover a massagem da glândula mamária da vaca e extrair o leite, ou seja, ordenhar.

É evidente que esse sistema é muito mais eficaz que a ordenha manual. Primeiro, o fazendeiro não vai precisar de uma mão de obra muito vasta e experiente, apenas precisando de manutenção nos equipamentos. Além disso, o sistema consegue extrair maiores quantidades de leite por dia, devido a rapidez da ordenha.

Por isso, esse método só é aplicado por grandes fazendas produtoras de leite, que possuem um rebanho muito grande. Os riscos de contaminação também são menores.

Quais são os cuidados que devem ser tomados para evitar a contaminação do leite?

Como o leite é um alimento que será consumido posteriormente, é crucial que existam protocolos de segurança e higiene durante a ordenha.

Primeiro, o ordenhador precisa passar por um processo de higienização completo, principalmente se ele for realizar a ordenha manual.

Isso inclui a lavagem correta das mãos com água e sabão, que deve ser feita sempre que ele sair do local de ordenha, além de lavar as botas, aventais e outros acessórios.

Além disso, as vacas também devem passar por um processo de limpeza antes do início da ordenha, com a limpeza dos tetos, que geralmente é feita usando soluções específicas para isso.

O mesmo serve para a limpeza dos equipamentos. O leite também deve ser armazenado em um tanque resfriador de leite, para preservar a integridade do produto.

Qual o tempo de ordenha de uma vaca?

Como explicamos, o tipo de método de ordenha vai influenciar muito na duração do processo. Na ordenha manual, o tempo de extração do leite vai depender muito das habilidades do ordenhador e caso se trate de um rebanho muito grande, irá demorar bastante e talvez só seja feito uma ou duas vezes por dia.

No caso da ordenha mecânica, é possível extrair o leite de dezenas de vacas em pouco mais de 10 minutos, além de que o processo pode ser repetido várias vezes durante o dia.

Qual a diferença entre a sala de ordenha e a sala de leite?

A sala de ordenha é basicamente o local onde acontecerá a ordenha e onde os equipamentos de ordenha ficam posicionados. Ela é muito importante para garantir mais eficiência durante o processo e mais segurança, diminuindo os riscos de contaminação ou de danos na qualidade do leite.

Já a sala de leite é o local onde o leite ordenhado ficará armazenado, em um resfriador de leite. Geralmente ela é posicionada próxima a sala de ordenha, para facilitar o transporte dos recipientes de armazenamento.

Como deve ser a sala de ordenha?

A sala de ordenha deve ser estruturada pelo produtor pensando na eficiência da produção e na higiene do local de ordenha. Por isso, nela ficam localizadas os equipamentos de ordenha e o local apropriado para o posicionamento das vacas.

Geralmente, as vacas ficam em uma plataforma um pouco mais elevada em comparação ao nível do chão, para facilitar a ordenha e limpeza das glândulas mamárias. O local também deve passar por processos de higienização todos os dias.

Conteúdo relacionado:

Milk Meter: Como fazer a manutenção

O leite é a maior fonte de nutrientes durante os primeiros meses de vida, proporcionando uma infância saudável. Também auxilia no desenvolvimento da juventude e